O QUE É LINUX

Destaque O QUE É LINUX

Linux é um sistema operacional Unix-like, isso quer dizer que o Linux foi de-senvolvido de acordo com a filosofia Unix. Esse trabalho de desenvolvimento foi feito por Linus Torvalds, do Departamento de Ciência da Computação da Universidade de Helsinki, Finlândia, junto com um grupo de hackers pela Internet. O Linux segue o pa-drão POSIX, que é usado em estações UNIX.

Linus Torvalds iniciou cortando (hacking) o kernel como um projeto particular, inspirado em seu interesse no Minix, um pequeno sistema UNIX desenvolvido por An-drew Tannenbaum. Ele se limitou a criar, em suas próprias palavras, "um Minix melhor que o Minix". E depois de algum tempo de trabalho em seu projeto, sozinho, ele enviou a seguinte mensagem para comp.os.minix:

Você suspira por melhores dias do Minix-1.1, quando homens serão homens e escreverão seus próprios "device drivers" ? Você está sem um bom projeto e esta morrendo por colo-car as mãos em um S.O. no qual você possa modificar de acordo com suas necessidades ? Você está achando frustrante quando tudo trabalha em Minix ? Chega de atravessar noi-tes para obter programas que trabalhem correto ? Então esta mensagem pode ser exata-mente para você.

Como eu mencionei a um mês atrás, estou trabalhando em uma versão independente de um S.O. similar ao Minix para computadores AT-386. Ele está, finalmente, próximo do estágio em que poderá ser utilizado (embora possa não ser o que você esteja esperando), e eu estou disposto a colocar os fontes para ampla distribuição. Ele está na versão 0.02... contudo eu tive sucesso rodando bash, gcc, gnu-make, gnu-sed, compressão, etc. nele.

Linus Benedictus Torvalds
No dia 5 de outubro de 1991 Linus Torvalds anunciou a primeira versão "ofici-al" do Linux, versão 0.02. Desde então muitos programadores têm respondido ao seu chamado, e têm ajudado a fazer do Linux o Sistema Operacional que é hoje, uma grande maravilha.

Ele inclui proteção entre processos, carregamento por demanda, redes TCP/IP, alem de nomes de arquivos com até 255 caracteres, multitarefa real, suporte a UNICO-DE, bibliotecas compartilhadas, memória virtual, etc.